quarta-feira, 18 de junho de 2008

Reconcilia-te com Ele e tem paz!


Reconcilia-te, pois, com Ele e tem paz, e assim te sobrevirá o bem. 22:21

Vinde oh homens! vinde todos à presença daquele que é Criador (Isaias 43:15) e Redentor (Isaias 43:11) e assim achareis paz e descanso em vossas almas (Mateus 11:29). Uma paz que excede todo entendimento (Filipenses 4:7) e não pode ser concedida pelo mundo (João 14:27); e um descanso que o mundo não conhece (Apocalipse 14:11).
Reconciliação
O destino do nosso mundo é se tornar em breve como a Jerusalém de tempos passados, montões de ruínas (Jeremias 9:11), um deserto devastado e não habitado por nenhum ser humano (Jeremias 4:25); um lugar completamente assolado (Jeremias4:27). Diante da revelação fica a pergunta de Deus a nós diante desse futuro: “Quem é o homem sábio, que entenda isso, e a quem falou a boca do Senhor, homem que possa explicar por que razão pereceu a terra e se queimou como deserto, de sorte que ninguém passa por ela?” e a resposta de Deus deveria nos fazer tremer e temer diante do Todo-Poderoso:“ Porque deixaram a minha Lei, que pus perante eles, e não deram ouvidos ao que eu disse, nem andaram nela. Antes seguiram a dureza do seu coração...” (Jeremias 9:12-14).
Quem poderia dizer que guarda a Lei de Deus perfeitamente e não peca? Que pode dizer isso sem ser repreendido pela Palavra de Deus como um daqueles em quem a verdade não está? (1João 1:8) e ainda faz de Deus um mentiroso? (1João 1:10)
Todos somos pecadores e falhamos em muitas coisas (Tiago 3:2), no que pensamos, falamos, fazemos e mesmo no que negligenciamos pensar, falar e fazer. Mas o que fazer diante disso? Deveríamos então nos considerar pessoas que são alvo da ira e da destruição de Deus?
“Deus enviou seu filho ao mundo para que o mundo fosse salvo por ele” (João 3:17). E essa é a nossa segurança bendita! O Senhor e Salvador Jesus Cristo se entregou por todos nós e pode nos salvar perfeitamente (Hebreus 7:25). O próprio Deus, que odeia o pecado chama os pecadores à reconciliação e diz: “Que os homens se apoderem da minha força e façam paz comigo, sim, que façam paz comigo” (Isaias 27:5)
Paz
“A minha paz vos dou, não vo-la dou como o mundo a dá” (João 14:27). O mundo em que vivemos em suas realidades e filosofias pode oferecer paz. Muitos têm paz em crer que Deus não existe, ou em crer que não existe pecado ou mesmo que não existe uma Lei de Deus ou um Santo dia de Sábado do sétimo dia.
Todas essas pessoas, religiosas ou não, encontram paz nesses ou em outros argumentos provenientes desse mundo, mas nenhum deles desfruta a paz da conformidade com a Palavra de Deus e com o Espírito Santo. Deus tem Palavra e preza por ela para que ela se cumpra. Se Ele diz que sua lei é imutável (Lucas 16:17) então a paz de Deus não será encontrada na vida daqueles que desprezam a palavra de Deus naquilo que lhes é conveniente e professam acreditar nela e a praticar quando isso não lhes exige abandonar as crenças e práticas pecaminosas herdadas nesse mundo. Mas aqueles que aceitam a palavra de Deus verão a diferença entre o que serve a Deus e o que não serve (Malaquias 3:18).
E assim te sobrevirá o bem
A reconciliação com Deus e sua paz trarão consigo a força espiritual que nos dará poder, autoridade, perspicácia, discernimento e vitórias em todas as áreas da nossa vida. Isso não quer dizer que teremos vida fácil, mas sim que seremos bem sucedidos apesar de não termos vidas fáceis nesse mundo (João 16:33).
E no que diz respeito a toda Palavra que sai da boca de Deus: “Aceita, peço-te a instrução que profere e põe as suas palavras no teu coração. Se te converterdes ao Todo-Poderoso, serás restabelecido; se afastares a injustiça da tua tenda e deitares ao pó teu ouro e o ouro de Ofir entre as pedras dos ribeiros. Então o Todo-Poderoso será o teu ouro e atua prata escolhida. Deleitar-te-ás, pois, no Todo-Poderoso e levantarás o rosto para Deus. Orarás a Ele, e Ele te ouvirá, e pagará teus votos. Se projetas alguma coisa, ela te sairá bem, e a luz brilhará em teus caminhos, Se estes descem, então, dirás: Para cima! E Deus salvará o humilde e livrará até ao que não é inocente; sim, será libertado, graças à pureza de tuas mãos”
O maior bem que o homem pode viver é conhecer o amor de Deus e se tornar instrumento de Deus para salvação. Oxalá, estejamos, eu e você entre esses pecadores reconciliados com Deus por meio da cruz de Cristo, cheios de paz e dos frutos do Espírito Santo para a glória de Deus e abençoados em tudo o que fizermos em nome de Jesus Cristo, amém.

Um comentário:

daniela disse...

Bom seria que os cristãos proclamassem do amor de Cristo por todos os veículos de informações possíveis...e acreditassem realmente no sublime amor de Cristo por nós pecadores!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...